Exemplo de análise de tendências de moda feita com inteligência artificial

Conheça a plataforma que usa inteligência artificial para prever tendências de moda

A gente sabe muito bem como é difícil acompanhar e prever as tendências do mundo da moda, né? Por isso eu fiquei super interessada em uma novidade que usa a tecnologia para dar uma forcinha com nesse processo. Uma nova start-up está usando a inteligência artificial para descobrir o que vai estar em alta nas próximas estações! E é sobre isso que vou falar no Inside Fashion de hoje.

Imagens de redes sociais do site da Heuritech, que usa inteligência artificial na moda

 

Análise de imagens

 

A tecnologia realmente está com tudo. O excesso de informação a que estamos expostos hoje em dia pode causar certa ansiedade. A gente fica desesperado para saber de tudo, acompanhar em tempo real as notícias, tendências e lançamentos. Chega a bater aquele medo de ficar de fora, sensação que ficou conhecida pela sigla FOMO – fear of missing out.

 

Por isso, vejo com bons olhos a iniciativa dessa nova empresa chamada Heuritech. Eles têm o primeiro serviço de inteligência artificial do mundo capaz de prever tendências de moda com base na análise de milhões de imagens compartilhadas nas redes sociais.

 

Eu achei super inovador! Imagine a quantidade de fotos que são postadas todos os dias na internet?! Existem informações preciosas nessas imagens sobre o comportamento e o modo de se vestir das pessoas. Dá para saber que tipos de combinações são feitas, quais são os produtos mais usados. Enfim, é todo um conteúdo visual riquíssimo a ser estudado. Poder filtrar tudo isso com uma tecnologia altamente avançada é o sonho de qualquer um que trabalha no mercado de moda.

 

Imagem de mulher andando na rua com marcas que serão analisadas com inteligência artificial

 

Inteligência artificial na moda

 

É isso que a inteligência artificial da Heuritech se propõe a fazer. A plataforma consegue identificar elementos muito específicos em uma imagem, como tecido, acessórios, formas, cores, estampas, estilos e até mesmo produtos exatos (marcas e modelos). E adivinha quem foram os primeiros clientes deste novíssimo serviço? Louis Vuitton e Dior. As labels estão usando os insights da start-up para desenvolver produtos, programar estoques e fazer planejamento de merchandise. Demais!

 

“A mídia social está quebrando os padrões e a estrutura de poder da indústria da moda. Ao capturar e analisar as novas vozes de milhões de consumidores em tempo real, nossa tecnologia de inteligência artificial permite que as marcas prevejam as tendências meses antes de acontecerem, para adaptar seus designs e planejar melhor seu mix de mercadorias.”

–Tony Pinville, CEO da Heuritech, em entrevista para a Forbes

 

A Heuritech foi a vencedora do LVMH Innovation Award 2017 e em 2018 ganhou como a melhor solução de inteligência artificial na ReMode. Uau! Ponto para eles e para o mercado!

Dá só uma olhada na apresentação deles. Adoraria testar!

Esse é só mais um exemplo incrível de como usar a tecnologia na moda para impulsionar a criação de negócios inovadores. Eu já fico fazendo essa análise o tempo todo, zapeando pelas redes e reunindo imagens inclusive aqui no blog. O que eu não faria com um serviço desses!

 

E você, o que achou? Conta pra mim!