Mulher escolhendo o que vestir no guarda-roupa

Nunca sabe o que vestir? Descubra como descomplicar o seu guarda-roupa!

 

Tem sempre aquele dia (semana, mês, ano…) em que a gente abre o guarda-roupa e pensa: não sei o que vestir! Aí bate aquele desespero, porque apesar de muitas vezes ter uma infinidade de roupas, parece que nenhuma delas serve. No Inspira de hoje, vou dar algumas dicas para descomplicar o guarda-roupa e fugir dessa cilada!

 

 

 

Planeje e tenha sempre o que vestir

 

Já falei aqui no blog sobre a ânsia de ter sempre as peças da moda e a armadilha do super fast-fashion. Sair comprando as últimas tendências pode até deixar o armário atualizado. Mas será que isso facilita ou complica a nossa vida na hora de se vestir? Será que o segredo de estar na moda é apostar nas últimas tendências?

 

Sei que aquela trend pode ser linda e parecer irresistível. Mas temos que avaliar se será funcional e se vai combinar bem com as outras peças que você já tem. Sem contar o quanto acompanhar as novidades da moda pode pesar no orçamento, né?

 

 

Pensando nisso, ao invés de um guarda-roupa da moda, que tal começar a construir um guarda-roupa inteligente? O mais importante é ter algumas peças-chave, curingas, e looks já pré-montados que você possa acessar de forma prática, sem precisar pensar muito.

Comece pelo que você já tem

 

Pode reparar, as crises sobre o que vestir ficam mais agudas quando a gente quer inovar no visual. Usar aquela saia maravilhosa que a gente nunca tira do armário, fazer combinações ousadas, enfim, revolucionar mesmo! Na correria do dia a dia, isso é quase impossível, e vira mais uma cobrança do que uma alegria, né? Por isso é sempre bom ter aqueles looks pré-montados, aquela produção infalível que a gente ama e sabe como vai ficar.

 

 

Uma boa dica para iniciar é pegar um day off e experimentar várias combinações, para já ter um mix’n’match básico com tudo o que você tem. Vai ser divertido e facilita muito ter os looks na memória para reproduzir depois. Se você for das mais exigentes, fotografe e guarde no seu celular!

Looks que funcionam

 

Apostar em algumas peças certeiras ajudam a gente a ter um guarda-roupa mais funcional. Roupas muito coloridas, estampadas e com modelagens muito extravagantes podem tornar essa tarefa bem difícil se você não tiver as peças chaves para coordená-las. Por isso, saber selecionar itens essenciais e fáceis de combinar entre si pode ser o segredo do sucesso nessa missão!

Jeans, sim!

 

O curinga dos curingas é ele, o jeans. Não tem jeito – e nem precisa! A peça é ótima, aceita quase todo tipo de combinação e se enquadra em diversas ocasiões, do mais despojado ao mais profissional. Ter o jeans certo à mão é garantia de sempre ter o que vestir.

 

Aposte em modelos que representem o seu estilo. Escolha pelo menos duas versões bem diferentes, para poder variar. Por exemplo, uma escura e uma clara, ou uma skinny e outra mais larga. Estou falando de calças, mas camisas também são super bem-vindas, inclusive em looks all jeans. Sem falar nas jaquetas que podem fazer toda a diferença!

 

Mulher com calça jeans e camisa jeans

Camisa Branca

Um guarda-roupa de respeito precisa de uma boa camisa branca! Fáceis e versáteis resolvem o look para qualquer ocasião. E esqueça a ideia de produções caretas que lembrem o visual escritório. Podemos fazer combinações bem despojadas e que garantes um ar super cool.

 

Blazers, Jaquetas e cardigans

Em tons sóbrios, especialmente no preto, a sobreposição com jaquetas, blazers e cardigans dão um toque arrumadinho ao look e são ótimos para meia estação. Estampas clássicas como o xadrez também são atemporais.

 

 

 

 

Camisetas listradas

As brancas e as pretas todo mundo tem. Mas já pensou que as camisetas listradas podem ser ótimas aliadas no seu dia a dia? As listras são fáceis de combinar e tiram o visual da mesmice. Eu também sou fã das mesclas para dar uma variada no combo preto e branco.

 

Acessórios incríveis

 

A mesma roupa pode ganhar uma cara totalmente nova com a ajuda com lenços coloridões, bolsas estilosas e colares de diferentes tipos. Sem falar nos cintos e sapatos. Os acessórios são uma ótima forma de expressar a sua personalidade e dar aquele brilho para um look mais simples.

 

 

 

 

Mulher usando lenço de oncinha

 

Armário minimalista

 

Eu acho que essas dicas têm a ver um pouco com o conceito do armário-cápsula, já ouviu falar? A tendência que surgiu nos anos 70 e ganhou destaque em 1985 quando a estilista Donna Karan resolveu colocar o conceito em prática nas passarelas. Ela criou uma coleção com 7 peças que podiam ser combinadas entre si para criar vários looks. Super prático!

 

Nos últimos tempos, essa tendência vem ganhando espaço e quem adere tem um armário com um número limitado de roupas, que pode variar de 15 a 50 peças. O segredo é investir em peças multifuncionais, que combinem entre si, e dar preferência para cores e estilos mais neutros.

 

Armário cápsula é opção para saber sempre o que vestir

 

Assim fica fácil sempre saber o que vestir, né?

 

Eu confesso que sou mais adepta à ideia de ter um armário-cápsula dentro do meu (rsrsrs). Acho que foi uma maneira equilibrada que eu encontrei de continuar atenta às novidades, mas fazendo escolhas mais inteligentes na hora de comprar. E sempre que bate aquela falta de inspiração, lá estão os clássicos looks infalíveis para qualquer hora!

Armário minimalista para saber sempre o que vestir

 

Com esses truques eu tenho certeza de que as crises de não tenho nada para vestir vão melhorar. Uma dica final, que também poderia ser a primeira de todas, é: conheça o seu estilo.

 

Saber o que cai bem em você e que roupas te fazem sentir melhor é essencial para ter um guarda-roupa com a sua cara! Que tal começar hoje?